Salve salve, galera.

Quem vos fala é o Paulo Baiano. Para inaugurar o Local do Sexo – O Blog do Garota Com Local, estarei estreando a coluna Sensei do Sexo. Aqui vamos falar sobre temas polêmicos e alguns segredinhos que dificilmente você encontra por aí. A prática do sexo anal será nosso primeiro tema, assim vamos começar com tudo. Vou te dar três dicas preciosas, sendo que a última (e mais importante), faz jus ao título deste artigo.

Mulheres gostam de ser penetradas no ânus?

O Sexo Anal mal feito pode provocar dor e muito sofrimento
O Sexo Anal mal feito pode provocar dor e muito sofrimento

Antes de falar sobre as dicas, vale responder essa importante pergunta. Elas gostam de ser penetradas pelo ânus?

Bem, muitas gostam e muitas outras ainda nem sabem que gostam. Por quê? Porque muitos homens — que não sabem ensinar e nem eles mesmos sabem corretamente praticar o sexo anal — as fizeram odiar a prática. Muitos usam o artifício, ou melhor, fazem a idiotice de errar o buraco e tentar enfiar o pênis no cu da parceira no tranco. Isto é o maior erro! Não façam isso em casa!

“evolutivamente, o ânus foi feito para impedir a entrada de objetos — ou mesmo bichos. Sim, meus caros, o ânus foi feito apenas para sair. Pode parecer engraçado, mas é isso mesmo”

Os mais apressadinhos vão logo perguntar: “Mas Paulo, então como vou enfiar minha pica?”

Fique calmo, cara.. Vou explicar. Essa é a terceira dica, ou melhor, a dica de ouro. Falarei três dicas, sendo que as duas primeiras depende de você e a última depende da sua parceira, mas como você não é bobo, terá que ensiná-la (seja esperto, aproveite e finja que é um perito em sexo anal).

Vamos às dicas para você também virar um Sensei do Sexo, como eu.

Dica 1: Paciência na penetração

Sim, ela é muito necessária. O esfíncter tem sua abertura gradativa, então se você não tiver paciência (igual a maioria dos homens babacas), poderá causar graves lesões e traumatizar a sua parceira para sempre, tornando-a uma “anti dadora de cu”. Fica a dica!

Dica 2: Lubrificação no sexo anal

Buceta Molhada e Lubrificada

O ânus não possui lubrificação natural, então tem que ter muita, mas muita lubrificação. Sempre tenha um potão de KY ou mesmo muita saliva para deixar o brinquedo pronto para o ataque. Pesquisas dizem que quanto mais molhadinha está a parceira, melhor é o sexo. Com o sexo anal não deixa de ser diferente.

Dica 3: Instrua sua parceira para “piscar o ânus”

É isto mesmo. A dica mais preciosa depende da sua parceira. Ela precisa controlar o próprio esfíncter para que o seu pau entre rapidamente e sem dor.

Esta dica nos foi repassada por acompanhantes do Garota Com Local. Acompanhantes são extremamente profissionais e sabem de dicas ultra preciosas que sua esposa, ou até mesmo você, nunca desconfiaria.

“o ato de piscar o ânus é nada mais, nada menos, do que simular o ato de defecar, o que provoca uma abertura do esfíncter de forma natural, logo, não causa dor na sua parceira e a fará ter doses energizantes de prazer. Ela vai virar literalmente uma engolidora de pica pelo cu. As famosas cucetas!”

Não é à toa que existem músicas, ou melhor, funks que fazem referência ao termo piscar. Esteja preparado para instruir sua parceira e fazer o melhor sexo anal da vida dela.

Minha experiência com sexo anal

Sexo anal lubrificado e gostoso

Sim meus caros. Eu, Paulo, já tive uma namorada e tive que ensinar a técnica de piscar o ânus para ela (você não está piscando né? haha).

Inicialmente ela não queria fazer anal, pois segundo ela, era impróprio e doía muito. Após aplicar as três dicas aqui ensinadas em conjunto, qual não é minha surpresa? Ela me ligou dizendo que queria novamente.

Façam isso e me contem se deu tudo certo aqui mesmo nos comentários. Também aceito sugestões para os próximos artigos.

A cada artigo estarão mais próximos de também virarem Senseis do Sexo!!

Responder